Pele saudável: descubra os mitos e as verdades sobre as espinhas

Um problema que incomoda, e muito, as mulheres, as espinhas são causadas a partir de alterações hormonais, comuns no período menstrual, durante a gravidez e devido a uma má alimentação. No entanto, vale ressaltar que existe cura para o problema e, saber como tratá-las corretamente é de grande importância para a eliminação das mesmas.
4875
Para esclarecer alguns mitos e verdades, consultamos a dermatologista Silvia Zimbres, da Doux Dermatologia (SP). Acompanhe:
Só adolescente têm espinha?
Não. Na mulher adulta, existem dois tipos: a persistente, que se desenvolveu na adolescência e continua com o passar dos anos, e a de instalação tardia, que surge a partir dos 25 anos, desencadeada por problemas hormonais.
Usar maquiagem todos os dias causa espinha?
Depende. Se a pele for bem higienizada e a mulher manter uma rotina de limpeza, hidratação e tonificação, ela não terá espinhas. Porém, se ela dormir com maquiagem e não limpar corretamente o rosto, o produto pode entupir os poros e deixar o acúmulo de gordura natural da pele causar as temíveis espinhas.
Espinha não tem cura?
Tem cura, sim. Uma pele acneica precisa de tratamentos estéticos especiais com produtos específicos (sabonetes, loções secativas, ácidos e medicações via oral) e uma boa higienização.
Espinha pode ser genética?
Sim, se os pais tiveram acne na juventude, as chances de os filhos desenvolverem são maiores de 50%.
Tomar anticoncepcional ajuda a combater as espinhas?
Sim, devido aos três tipos de hormônios sintéticos da medicação: o gestodeno, drospirenona e ciproterona. Eles regulam a oleosidade da pele e reduzem o surgimento de cravos e espinhas.
Tomar sol melhora a espinha?
Não, pois a radiação solar causa o ressecamento da pele e, em seguida, a obstrução do folículo sebáceo.
Lavar o rosto diminui o problema?
A manutenção de uma pele bem higienizada é indispensável para a prevenção e controle da acne. A limpeza precisa ser feita com um sabonete específico, um bom adstringente e um hidratante oil free.
Ansiedade e estresse pioram a acne?
Ambos causam alterações hormonais, e esse descontrole reflete na pele.
Chocolate provoca espinhas?
Depende. O consumo excessivo de chocolate pode causar espinhas, pois ele é rico em gordura, o que favorece a produção de sebo pelas glândulas sebáceas, aumento da oleosidade da pele e surgimento de espinhas.
Limpeza de pele acaba com as espinhas?
Não acaba, mas ajuda a prevenir e melhorar o aspecto da pele. A limpeza ajuda a desobstruir os poros, o que auxilia, e muito, no controle da acne.
É proibido espremer espinhas?
Com certeza. As mãos estão sujas e com bactérias, disseminando a colonização bacteriana causadora da acne para outra área, no caso, o rosto.
fonte: Ikesaki

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *