Conheça os hábitos que prejudicam a saúde das unhas e evite-os!

Estar com as unhas sempre bem feitas e bonitas faz parte da vaidade e da rotina de cuidados da maioria das mulheres. E, muito além do que uma questão de estética, mantê-las saudáveis e apresentáveis é sinal de higiene.
unhas
No entanto, alguns deslizes podem prejudicar a saúde das unhas. Para desvendar quais são eles, conversamos com os dermatologistas Tatiana Di Perrelli (SP) e Carlos Maximiliano Heil (SP) e com a manicure Maria Cristiane, do salão Bardot (SP). Confira:
1. Não levar seu próprio kit de utensílios à manicure
O alicate e o afastador de cutículas quando não esterilizados adequadamente, podem estar contaminados com vírus, como, por exemplo, do HPV, das hepatites B e C, bem como bactérias ou fungos, que são facilmente transmitidos. O palito e a lixa também devem ser descartados após o uso para impedir o acúmulo de bactérias.
2. Tirar demais a cutícula
Essa pele tem a função de proteger contra a entrada de germes e bactérias, que podem causar infecções e, consequentemente, enfraquecer as unhas. O correto é empurrar suavemente a cutícula com um afastador e remover apenas o excesso.
3. Lixar as unhas em movimento de vaivém
Isso acaba levantando e lesionando as escamas das unhas, o que as torna finas e enfraquecidas. É recomendado que se façam movimentos leves, apenas nas bordas, para acertar e moldar o contorno e somente em um sentido.
4. Passar a lixa na superfície das unhas
Esse hábito tornou-se comum nos salões de beleza. No entanto, por mais inofensiva que pareça, a técnica afina a espessura da lâmina das unhas. O afinamento causa o enfraquecimento delas, que leva a quebras frequentes, formação de lascas, pontos brancos e até mesmo ao descolamento, deixando-as doentes e predispostas a contaminações.
5. Não passar base embaixo de esmaltes coloridos
Como as unhas são naturalmente porosas, a ausência da base pode fazer com que o corante dos esmaltes penetre pelos poros, deixando-as manchadas. Além disso, as bases contêm componentes como vitaminas, minerais e agentes hidratantes que fortalecem, hidratam, estimulam o crescimento e aumentam a resistência das unhas.
6. Arrancar com os dentes as peles que se levantam ao redor das unhas 
Puxá-las também pode predispor a infecções e inflamações, deixando a região bastante sensível e dolorida. O mais adequado é sempre fazer uso do alicate. Além disso, manter as unhas e cutículas hidratadas pode ajudar a prevenir o problema.
7. Não dar um tempo de descanso para as unhas 
Diminuir o uso do esmalte é uma atitude simples que colabora, e muito, para a saúde das unhas. A recomendação nesse caso é tirá-lo, pelo menos, um dia antes de ir à manicure para que elas “respirem”, já que os poros precisam estar sempre arejados.
Ikesaki

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *