5 acertos da coloração: Veja como se dar bem em algumas situações

Conhecer técnicas e se manter atualizado sobre elas é fundamental para oferecer um atendimento com qualidade. Mesmo assim, em determinadas ocasiões, é preciso jogo de cintura para conseguir consertar erros – cometidos pela própria cliente ou por outros profissionais –, além de ter paciência para orientar e sugerir possibilidades a quem se senta em sua cadeira e deseja uma solução rápida e eficiente.
rosamaria
Para ajudar você em relação a alguns dos principais questionamentos sobre coloração, conheça a opinião de profissionais experientes:
1. A cliente quis escurecer os fios, mas não gostou da nova tonalidade.
“Todas as pessoas possuem um fundo natural de clareamento das madeixas, que deve ser conhecido antes que elas sejam escurecidas. E, se a cliente não gostou da cor, o resultado pode ser revertido dependendo da altura de tom que o cabelo ficou. Geralmente, fios que escurecem abaixo do 5.0 (castanho-claro) são difíceis de ser alterados em razão de os pigmentos escuros se fixarem muito neles. Nesse caso, é possível que a cliente estranhe o novo visual e queira descolorir o cabelo todo, o que causa danos aos fios. Para reverter o processo sem sustos, o certo é fazer alguns reflexos, sem esquecer de hidratar as madeixas com frequência.”
Por Sidney Akira, do Go Hair
2. Os fios foram coloridos em casa e a cliente chegou ao salão com os cabelos manchados.
“O mais indicado é o profissional conferir em que altura de tom está a cor e colorir todo o cabelo na altura exata dessa tonalidade que a cliente usou, para que as manchas sejam apagadas. Se o cabeleireiro não tiver certeza da cor aplicada, deve usar um tom abaixo, ou seja, mais escuro do que o que foi utilizado, para poder fazer a correção.”
Por Clodi Dias, do Visualité Estética e Cabeleireiros
3. Coloração e outro procedimento químico no mesmo dia.
“Tudo depende do procedimento químico. Alguns processos não são compatíveis com amônia – presente nas colorações ¬, por exemplo, e podem causar o rompimento do fio de cabelo, ou até mesmo queimaduras no couro cabeludo.”
Por Rodrigo Moia, do In Beauty Luxury
4. A cor, que antes estava bem viva, depois de alguns dias apresenta aspecto desbotado.
Uma tonalidade mais intensa precisa de mais cuidado na hora da coloração e alguns dos erros cometidos pelas clientes é não utilizar, em casa, produtos específicos para cabelos que passaram por um processo de coloração. No salão, diante de um caso como este, utilizo um tonalizante e realizo um tratamento para fios coloridos. É importante orientar a clientela que natação, praia, piscina, chapinha e modelador de cachos também causam desbotamento”.
Por Iran Jr, do The Look Hair & Body
5. Os cabelos da cliente estão enrijecidos por causa do grande número de aplicação de coloração, mas sua raiz já está aparente.
“Na maioria das vezes, esses cabelos ficam enrijecidos por causa do excesso de aplicação de coloração, desnecessariamente. Isso porque nem todas as vezes que retocamos a área de crescimento dos fios de nossas clientes, há a necessidade de aplicar a coloração no comprimento e nas pontas. Assim, basta retocar a área de crescimento normalmente e, em seguida, fazer uma excelente nutrição para que suavidade e brilho sejam devolvidos às madeixas.”
Por Marques de Paula, do Jassa Studio Hair

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *